liturgia-diaria
branco1px
Fevereiro 2024
D S
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29
branco1px
Sábado 03 Fevereiro 2024
  • 4ª Semana do Tempo Comum, Ano Par (II)

    Leituras:

    1Rs 2,1-4.10-12

    1Cr 29,10.11ab.11d-12a.12bcd (R. 12b)

    Mc 6,7-13

    PRIMEIRA LEITURA

    Vou seguir o caminho de todos os mortais.
    Sê corajoso, Salomão, e porta-te como um homem.

    Leitura do Primeiro Livro dos Reis 2,1-4.10-12

    1

    Aproximando-se o fim da sua vida,
    Davi deu estas instruções a seu filho Salomão:

    2

    "Vou seguir o caminho de todos os mortais.
    Sê corajoso e porta-te como um homem.

    3

    Observa os preceitos do Senhor, teu Deus,
    andando em seus caminhos, observando seus estatutos,
    seus mandamentos, seus preceitos e seus ensinamentos,
    como estão escritos na lei de Moisés.
    E assim serás bem sucedido em tudo o que fizeres
    e em todos os teus projetos.

    4

    Então o Senhor cumprirá a promessa que me fez, dizendo:
    'Se teus filhos conservarem uma boa conduta,
    caminhando com lealdade diante de mim,
    com todo o seu coração e com toda a sua alma,
    jamais te faltará um sucessor no trono de Israel'".

    10

    E Davi adormeceu com seus pais
    e foi sepultado na cidade de Davi.

    11

    O tempo que Davi reinou em Israel foi de quarenta anos:
    sete anos em Hebron e trinta e três em Jerusalém.

    12

    Salomão sucedeu no trono a seu pai Davi
    e seu reino ficou solidamente estabelecido.
    Palavra do Senhor.

    Salmo responsorial  1Cr 29,10.11ab.11d-12a.12bcd (R. 12b)
    R. Dominais todos os povos, ó Senhor.

    10

    Bendito sejais vós, ó Senhor Deus, †
    Senhor Deus de Israel, o nosso pai. *
    desde sempre e por toda a eternidade!
     R.

     

    11a

    A Vós pertencem a grandeza e o poder *

      b

    toda a glória, esplendor e majestade, R.

     

      d

    A vós, Senhor, também pertence a realeza, †
    pois sobre a terra, como rei, vos elevais! *

      12a

    Toda glória e riqueza vêm de vós! R.

     

      b

    Sois o Senhor e dominais o universo, †

      c

    em vossa mão se encontra a força e o poder, *

      d

    em vossa mão tudo se afirma e tudo cresce! R.


    Aclamação ao Evangelho  Mc 1,15
    R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
    V. Convertei-vos e crede no Evangelho,
        pois, o Reino de Deus está chegando!


    EVANGELHO

    Começou a enviá-los.

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 6,7-13

     

    Naquele tempo,

    7

    Jesus chamou os doze,
    e começou a enviá-los dois a dois,
    dando-lhes poder sobre os espíritos impuros.

    8

    Recomendou-lhes que não levassem nada para o caminho,
    a não ser um cajado;
    nem pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura.

    9

    Mandou que andassem de sandálias
    e que não levassem duas túnicas.

    10

    E Jesus disse ainda:
    "Quando entrardes numa casa,
    ficai ali até vossa partida.

    11

    Se em algum lugar não vos receberem,
    nem quiserem vos escutar, 

    quando sairdes,
    sacudi a poeira dos pés, 

    como testemunho contra eles!"

    12

    Então os doze partiram
    e pregaram que todos se convertessem.

    13

    Expulsavam muitos demônios
    e curavam numerosos doentes, 

    ungindo-os com óleo.
    Palavra da Salvação.

    Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
    © Todos os direitos reservados.

  • APRESENTAÇÃO DO SENHOR, Festa, Ano B

    4ª Semana do Tempo Comum

    Leituras:

    Ml 3,1-4 ou Hb 2,14-18

    Sl 23(24),7.8.9.10 (R. 10b)

    ou mais breve 2,22-32

    Lc 2,22-40

    PRIMEIRA LEITURA

    O Senhor a quem buscais, virá ao seu Templo.

    Leitura da Profecia de Malaquias 3,1-4

     

    Assim diz o Senhor:

    1

    Eis que envio meu anjo,
    e ele há de preparar o caminho para mim;
    logo chegará ao seu templo o Dominador,
    que tentais encontrar,
    e o anjo da aliança, que desejais.
    Ei-lo que vem, diz o Senhor dos exércitos;

    2

    e quem poderá fazer-lhe frente,
    no dia de sua chegada?
    E quem poderá resistir-lhe, quando ele aparecer?
    Ele é como o fogo da forja
    e como a barrela dos lavadeiros;

    3

    e estará a postos,
    como para fazer derreter e purificar a prata:
    assim ele purificará os filhos de Levi
    e os refinará como ouro e como prata,
    e eles poderão assim
    fazer oferendas justas ao Senhor.

    4

    Será então aceitável ao Senhor
    a oblação de Judá e de Jerusalém,
    como nos primeiros tempos e nos anos antigos.
    Palavra do Senhor.



    Ou:

    Jesus devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos.

    Leitura da Carta aos Hebreus 2,14-18


    14

    Visto que os filhos têm em comum a carne e o sangue,
    também Jesus participou da mesma condição,
    para assim destruir, com a sua morte,
    aquele que tinha o poder da morte,
    isto é, o diabo,

    15

    e libertar os que, por medo da morte,
    estavam a vida toda sujeitos à escravidão.

    16

    Pois, afinal, não veio ocupar-se com os anjos,
    mas com a descendência de Abraão.

    17

    Por isso devia fazer-se em tudo semelhante aos irmãos,
    para se tornar um sumo sacerdote misericordioso
    e digno de confiança nas coisas referentes a Deus,
    a fim de expiar os pecados do povo.

    18

    Pois, tendo ele próprio sofrido ao ser tentado,
    é capaz de socorrer os que agora sofrem a tentação.
    Palavra do Senhor.


    Salmo responsorial
    Sl 23(24),7.8.9.10 (R. 10b)

    R. O Rei da glória é o Senhor onipotente!

    7

    "Ó portas, levantai vossos frontões! †
    Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
    a fim de que o Rei da glória possa entrar!" 
    R.

     

    8

    Dizei-nos: "Quem é este Rei da glória?" †
    "É o Senhor, o valoroso, o onipotente, *
    o Senhor, o poderoso nas batalhas!" 
    R.

     

    9

    "Ó portas, levantai vossos frontões! †
    Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
    a fim de que o Rei da glória possa entrar!" 
    R.

    10

    Dizei-nos: "Quem é este Rei da glória?" †
    "O Rei da glória é o Senhor onipotente, *
    o Rei da glória é o Senhor Deus do universo" 
    R.

     

    Aclamação ao Evangelho
    Lc 2,32

    R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
    V. Sois a luz que brilhará para os gentios,
        e para a glória de Israel, o vosso povo.

    EVANGELHO (mais longo)

    Meus olhos viram a tua salvação.

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 2,22-40

    22

    Quando se completaram os dias
    para a purificação da mãe e do filho,
    conforme a Lei de Moisés,
    Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
    a fim de apresentá-lo ao Senhor.

    23

    Conforme está escrito na Lei do Senhor:
    "Todo primogênito do sexo masculino
    deve ser consagrado ao Senhor."

    24

    Foram também oferecer o sacrifício
    - um par de rolas ou dois pombinhos -
    como está ordenado na Lei do Senhor.

    25

    Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão,
    o qual era justo e piedoso,
    e esperava a consolação do povo de Israel.
    O Espírito Santo estava com ele

    26

    e lhe havia anunciado que não morreria
    antes de ver o Messias que vem do Senhor.

    27

    Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo.
    Quando os pais trouxeram o menino Jesus
    para cumprir o que a Lei ordenava,

    28

    Simeão tomou o menino nos braços

    e bendisse a Deus:

    29

    "Agora, Senhor, conforme a tua promessa,
    podes deixar teu servo partir em paz;

    30

    porque meus olhos viram a tua salvação,

    31

    que preparaste diante de todos os povos:

    32

    luz para iluminar as nações
    e glória do teu povo Israel".

    33

    O pai e a mãe de Jesus estavam admirados
    com o que diziam a respeito dele.

    34

    Simeão os abençoou

    e disse a Maria, a mãe de Jesus:
    "Este menino vai ser causa
    tanto de queda como de reerguimento

    para muitos em Israel.
    Ele será um sinal de contradição.

    35

    Assim serão revelados
    os pensamentos de muitos corações.
    Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma".

    36

    Havia também uma profetisa, chamada Ana,
    filha de Fanuel, da tribo de Aser.
    Era de idade muito avançada;
    quando jovem, tinha sido casada
    e vivera sete anos com o marido.

    37

    Depois ficara viúva,
    e agora já estava com oitenta e quatro anos.
    Não saía do Templo, 

    dia e noite servindo a Deus

    com jejuns e orações.

    38

    Ana chegou nesse momento
    e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino
    a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.

    39

    Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor,
    voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade.

    40

    O menino crescia e tornava-se forte,
    cheio de sabedoria;
    e a graça de Deus estava com ele.
    Palavra da Salvação.

     

    EVANGELHO (mais breve)

    Meus olhos viram a tua salvação.

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 2,22-32

    22

    Quando se completaram os dias
    para a purificação da mãe e do filho,
    conforme a Lei de Moisés,
    Maria e José levaram Jesus a Jerusalém,
    a fim de apresentá-lo ao Senhor.

    23

    Conforme está escrito na Lei do Senhor:
    "Todo primogênito do sexo masculino
    deve ser consagrado ao Senhor".

    24

    Foram também oferecer o sacrifício
    - um par de rolas ou dois pombinhos -
    como está ordenado na Lei do Senhor.

    25

    Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão,
    o qual era justo e piedoso,
    e esperava a consolação do povo de Israel.
    O Espírito Santo estava com ele

    26

    e lhe havia anunciado que não morreria
    antes de ver o Messias que vem do Senhor.

    27

    Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo.
    Quando os pais trouxeram o menino Jesus
    para cumprir o que a Lei ordenava,

    28

    Simeão tomou o menino nos braços

    e bendisse a Deus:

    29

    "Agora, Senhor, conforme a tua promessa,
    podes deixar teu servo partir em paz;

    30

    porque meus olhos viram a tua salvação,

    31

    que preparaste diante de todos os povos:

    32

    luz para iluminar as nações
    e glória do teu povo Israel".
    Palavra da Salvação.

    Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
    © Todos os direitos reservados.

  • 4ª Semana do Tempo Comum, Ano Par (II)

    Leituras:

    1Rs 3,4-13

    Sl 118(119),9.10.11.12.13.14 (R. 12b)

    Mc 6,30-34

    PRIMEIRA LEITURA

    Dá, ao teu servo, um coração compreensivo,
    capaz de governar o teu povo

    Leitura do Primeiro Livro dos Reis 3,4-13

     

    Naqueles dias,

    4

    o rei Salomão foi a Gabaon para oferecer um sacrifício,
    porque esse era o lugar alto mais importante.
    Salomão ofereceu mil holocaustos naquele altar.

    5

    Em Gabaon o Senhor apareceu a Salomão,
    em sonho, durante a noite, e lhe disse:
    "Pede o que desejas e eu to darei".

    6

    Salomão respondeu:
    "Tu mostraste grande benevolência
    para com teu servo Davi, meu pai,
    porque ele andou na tua presença com sinceridade,
    justiça e retidão de coração para contigo.
    Tu lhe conservaste esta grande benevolência,
    e lhe deste um filho que hoje ocupa o seu trono.

    7

    Portanto, Senhor meu Deus,
    tu fizeste reinar o teu servo em lugar de Davi, meu pai.
    Mas eu não passo de um adolescente,
    que não sabe ainda como governar.

    8

    Além disso, teu servo está no meio do teu povo eleito,
    povo tão numeroso que não se pode contar ou calcular.

    9

    Dá, pois, ao teu servo, um coração compreensivo,
    capaz de governar o teu povo
    e de discernir entre o bem e o mal.
    Do contrário, quem poderá governar
    este teu povo tão numeroso?"

    10

    Esta oração de Salomão agradou ao Senhor.

    11

    E Deus disse a Salomão:
    "Já que pediste estes dons
    e não pediste para ti longos anos de vida,
    nem riquezas, nem a morte de teus inimigos,
    mas sim sabedoria para praticar a justiça,

    12

    vou satisfazer o teu pedido;
    dou-te um coração sábio e inteligente,
    como nunca houve outro igual antes de ti,
    nem haverá depois de ti.

    13

    Mas dou-te também o que não pediste,
    tanta riqueza e tanta glória
    como jamais haverá entre os reis,
    durante toda a tua vida".
    Palavra do Senhor.


    Salmo responsorial  Sl 118(119),9.10.11.12.13.14 (R. 12b)
    R. Ó Senhor, ensinai-me os vossos mandamentos!

    9

    Como um jovem poderá ter vida pura? *
    Observando, ó Senhor, vossa palavra.
     R.

     

    10

    De todo o coração eu vos procuro, *
    não deixeis que eu abandone a vossa lei!
     R.

     

    11

    Conservei no coração vossas palavras, *
    a fim de eu não peque contra vós.
     R.

     

    12

    Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; *
    os vossos mandamentos ensinai-me!
     R.

     

    13

    Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero *
    os decretos que ditou a vossa boca.
     R.

     

    14

    Seguindo vossa lei me rejubilo *
    muito mais do que em todas as riquezas.
     R.


    Aclamação ao Evangelho  Jo 10,27
    R. Aleluia, Aleluia, Aleluia.
    V. Minhas ovelhas escutam minha voz,
        eu as conheço e elas me seguem.


    EVANGELHO

    Eram como ovelhas sem pastor.

    Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 6,30-34

     

    Naquele tempo,

    30

    os apóstolos reuniram-se com Jesus
    e contaram tudo o que haviam feito e ensinado.

    31

    Ele lhes disse:
    "Vinde sozinhos para um lugar deserto,
    e descansai um pouco".
    Havia, de fato, tanta gente chegando e saindo
    que não tinham tempo nem para comer.

    32

    Então foram sozinhos, de barco,
    para um lugar deserto e afastado.

    33

    Muitos os viram partir e reconheceram que eram eles.
    Saindo de todas as cidades, correram a pé,
    e chegaram lá antes deles.

    34

    Ao desembarcar,
    Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão,
    porque eram como ovelhas sem pastor.
    Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas.
    Palavra da Salvação.

    Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
    © Todos os direitos reservados.

Sky Bet by bettingy.com